Preconceito Literário: Literatura Erótica

1 year ago by in Coluna, Destaque, Divulgação, Literalizando com a Brooke, Sem categoria Tagged: , , , , , , , ,

Depois que “50 Tons de Cinza” foi publicado e se tornou um sucesso de vendas, outros livros do gênero Erótico surgiram de forma mais intensa. Apesar de já fazer parte da literatura, ainda há uma visão bem preconceituosa com quem lê essas obras. Pensando nisso, decidi comentar um pouco sobre esse assunto.

Talvez seja pela sociedade machista em que vivemos ou simplesmente um preconceito, que por muitas vezes, nem a própria pessoa consegue justificar. A verdade é que existe um grande julgamento dos demais para com aquele que se encontra lendo um livro nesse estilo. Devo dizer que não é por que alguém lê uma obra erótica que isso irá definir seu caráter, se tornar um pervertido ou qualquer outro adjetivo pejorativo que usem para defini-lo. Afinal, a mesma situação se aplica àqueles que preferem literatura policial com crimes sangrentos, porém, ninguém pensa neles como assassinos em série.

Ressalto ainda que esse tipo de literatura está presente na sociedade há bastante tempo, quer um exemplo? Os famosos livros “Sabrina” seguem essa mesma linha e muitos já leram pelo menos um livro, e na época de sucesso dessa coleção não existia um julgamento tão forte quanto hoje. Houve uma diminuição da onda recriminadora desde que o gênero passou a ter um enfoque, entretanto, ainda há quem olhe torto para quem lê obras eróticas.

Ninguém pode ser caracterizado pelo que lê. Muitas vezes gostam da autora ou do tipo de história presente nesses livros (e sim, há muitos livros com uma excelente história – não havendo apenas a parte sexual), mesmo sendo eróticos ou simplesmente pela curiosidade.

O respeito é algo que deve estar sempre presente de forma ampla e generalizada independente do assunto, leitura, opinião ou crença. Na literatura, existem muitas obras de grande valor com excelentes histórias. Devemos parar de opinar sobre como o outro é por meio de pequenos detalhes apenas. Caso queira expressar sua opinião, o faça de forma positiva e construtiva; mas se deseja opinar negativamente, ao menos conheça a fundo a obra.

Mesmo que o estilo do livro não seja de seu gosto, respeite a preferência de quem lê.

Um beijo!

Brooke Bells

Um blog sobre tudo que envolve a maravilhosa cultura Nerd. Blog - http://www.brookebells.com/ Nos acompanhe também em nossas redes sociais: Facebook - https://www.facebook.com/Brookeandbelle/ Twitter - https://twitter.com/brookebell_s Instagram - https://www.instagram.com/brookebells/

%d blogueiros gostam disto: