TERMINATOR GENESIS – NÓS ASSISTIMOS (NO SPOILERS)

2 years ago by in Destaque, Divulgação

Acabei de chegar da cabine organizada pela Paramont e Jurassic Cast para a exibição do filme Terminator Genesis para o deleite da imprensa.

Não pretendo fazer rodeios, então, vamos direto ao ponto: Gostei. É claro que gostei. A franquia é uma das minhas favoritas. Para mim, o ponto forte dela é o fato de ser mais plausível que Matrix. Ao contrário desta última, Terminator consegue me fazer acreditar que esse futuro onde as máquina são dominantes é possível. Não como mostrado nos filmes, mas como podemos ver hoje em nosso dia a dia. Todos são, de alguma forma, controlados pelas máquinas, seja um celular ou computador.

Falando agora, não como amante da franquia, mas como crítico. Mesmo gostando, o filme não me trouxe nada de novo. Eu já sentia seu desgaste há algum tempo e me perguntava o que mais um filme traria de novidade. Atores de grandes séries de TV como: Emilia Clarke, Arnold Schwarzenegger; retornando ao papel que o consagrou, Jai Courtney; um carinha que todos já sabiam que seria um nome forte em filmes de ação, J. K. Simmons; um grande talento desperdiçado no filme… Infelizmente, estou vendo O Exterminador do Futuro se transformar em Matrix. Repleto de efeitos especiais que acabam mascarando os pontos fracos.

Na minha opinião, pontos fracos precisam ser trabalhados para serem fortes, não disfarçados com C.G. Acho que não sou o único a pensar assim, segundo comentários que ouvi ao final do filme.

Terminator Genesis é mais uma tentativa de recriar grandes franquias, mas para recriar é preciso ter algo novo, e isso, infelizmente, eles não têm. Resolvi não deixar minha animação, minha nostalgia falar mais alto desta vez. A conclusão que cheguei é que a competição em Hollywood por nossa atenção e dinheiro está cada vez maior, e como era de se esperar, o nível de exigência do público também.

Me lembrei de uma fala de Jurassic World, onde dizem que o Parque precisa de novas atrações, pois as pessoas já não se impressionam mais com dinossauros. Não se deixem levar pela emoção de ver nossas máquinas favoritas de volta. Observem e façam valer a grana que vão pagar para assistir Terminator Genesis.

Nestablo Ramos.

Nestablo Ramos

Designer, roteirista, desenhista de histórias em quadrinhos e, agora, apresentador de programa de rádio! Autor de 11 livros (3 em parceria com amigos), este carioca-brasiliense e amante dos quadrinhos desde criança, está sempre pensando em como transmitir sua mensagem de forma lúdica e espontânea. Alguns de seus livros são adotados por escolas de todo o Brasil.

%d blogueiros gostam disto: