Você está pronto para o apocalipse zumbi?

1 year ago by in Coluna, Destaque, Divulgação, Humor, Informação Inútil Tagged: , , , ,

zombie-156055Olá senhores, senhoras e senhorios (felinos não reconhecerás). Meu nome é Guilherme e escrevo a coluna “Informação Inútil” para o Enerdizando desde… bem, desde hoje!

Sou formado pela escola da vida em assuntos nerds, em geral, e trabalho como produtor de eventos culturais. Já passei pela área de direito e hoje percebo que fazer tudo errado é mais legal.

Sou um nerd de carteirinha, com interesses e gostos nos mais variados assuntos dessa grande variedade geek, nerd e afins. Então, para começar o texto: Você está pronto para o apocalipse zumbi? Será mesmo? Bom, vamos lá!

O mundo como conhecemos está chegando ao fim, e isso é um fato. Não é difícil perceber isso. Existem indícios do fim do mundo em todos os lugares ou então basta acreditar em mim. Mas calma, não precisa virar um fanático apocalíptico e sair olhando por aí. E por que acreditar em mim? Por que o nome dessa coluna é “informação inútil”…?
Vai lá, deixo você tirar suas próprias conclusões.

Maaaaas, voltando… a pergunta é: como o mundo vai acabar? Consigo pensar em diversas maneiras possíveis e plausíveis, porém, focarei na mais improvável ou impossível: por meio de zumbis. Todos sabemos que um dia as pessoas começarão a virar zumbis, por qualquer motivo que seja, e sairão por aí mordendo outras pessoas até que muitas delas sejam contaminadas e transformadas. Vamos supor, por algum grande golpe de sorte, que você consiga escapar ileso desse início e se vê na posição de sobrevivente.

Você sobreviveria a um apocalipse zumbi? Será mesmo? Tem certeza? Absoluta? Vamos descobrir.

Buuuuuum! Um vírus se alastra pelo planeta transformando todas as pessoas em zumbis comedores de carne, desumanos e ferozes. Um simples contato pelo sangue ou fluidos corporais é o suficiente para transmitir o vírus. E você está no meio de tudo isso!

Baaaaam! 90% das pessoas são contaminadas nos primeiros dias, o governo e o exército viram lenda, regras e leis viram história. E você está no meio de tudo isso!

Barabuuum! Você está sozinho em uma casa no meio do mato (para dar um clima maior de terror) e cercado de zumbis. Fodeu, e agora?

Calma, as coisas ainda não foram para o “beleleu”, contudo, a qualquer deslize seu ou falta de sorte, elas irão.

Então vamos fazer um pequeno quiz de sobrevivência. Responda a estas perguntas de forma sincera e honesta. Vamos lá:

1- Você tem algum vício? (ex. cigarro, bebidas, medicamentos, chocolate).

2- Você faz exercícios físicos? (ex. correr, levantar peso).

3- Você sabe manejar armas brancas? (ex. faca, facão, machado, espada).

4- Você sabe manejar armas de fogo? (ex. revólver, pistola, escopeta, lança foguetes).

5- Você sabe matar animais para comer? Se for vegetariano, você consegue identificar as plantas comestíveis e seus níveis de nutrientes?

6- Você sabe cozinhar?

Parabéns!!! Dependendo das suas respostas, você se tornará um zumbi!

Colocando a ficção de lado, vamos analisar as perguntas.

Vícios.

Eu sou fumante e sei que o processo de desintoxicação para parar de fumar é algo complexo e relativamente demorado e que gera um mal humor extraordinário. Em um apocalipse zumbi, as fábricas e distribuidoras de cigarro vão parar de funcionar, logo, o cigarro se tornará um bem escasso. Isso aumentará muito a minha ansiedade. Realizar a desintoxicação com todas as maravilhas do processo em meio ao ambiente de apocalipse realmente não é uma boa ideia. Seria algo como… bem, realmente não consigo imaginar alguma situação que seja tão ruim quanto.

Resumindo: a pessoa viciada não terá o produto para alimentar seu vício e com isso terá diversos problemas escrotos e Bum!!! Vira comida de zumbi.

Exercícios físicos.

Nesse ponto estaria morto de cara. Sou sedentário, entretanto, consigo correr uns 20 ou 30 metros. Depois disso, fico com falta de ar e.. PAM!! Viro sobremesa. Se eu entrar em uma luta corporal minhas chances são quase nulas, porque apesar de ter uma força relativamente boa, não chego nem perto de alguém preparado.

Resumindo: uma pessoa despreparada não vai conseguir fugir correndo, pois logo ficará sem ar, as pernas deixarão de responder aos comandos e quando menos perceber terão 1,2,3,4 zumbis em cima dela.

Armas brancas.

Neste quesito eu também sou uma desgraça. Até conseguiria usar uma espada ou algo assim, mas com a habilidade de uma lesma cega com coceira! Posso até arranhar meu inimigo, todavia, ele me morderia, me arranharia, me empurraria, me puxaria, e eu mole, viraria picadinho de Gui. Acredito que muitas pessoas poderiam até ter um certo êxito nesse quesito, o que seria a diferença entre virar zumbi hoje ou amanhã.

Armas de fogo.

Utilizar as armas de fogo é a pior ideia que alguém pode ter em meio ao apocalipse. Temos a questão de que pouquíssimas pessoas no Brasil são treinadas para usá-las propriamente, e acredite, se você nunca usou, não aprenderá de uma hora para outra. Jogos de FPS o ajudarão a identificar o nome da arma, só isso! 

Outro detalhe é o barulho delas, que atrairão zumbis e sobreviventes mal intencionados. Ou seja, além de eu errar o tiro (isso se eu conseguir destravar a arma para atirar), virarei alvo de todo mundo, e logo, meu tempo de sobrevivência seria algo em torno da vida de uma mosca. Acho que assim como eu, você teria as mesmas dificuldades.

Alimentação.

Sabe aquele mercado que você ou sua mãe compram comida? Pois é, será o primeiro lugar a ser saqueado. Nessa hora teremos que voltar aos nossos conhecimentos ancestrais de conseguir a própria comida. E sério, não deve ser fácil! Apesar de ser carnívoro, nunca cacei ou matei nenhum animal e nem consigo me imaginar fazendo isso. Já tenho dificuldade em assistir a esses filmes de abate de vacas! Apesar de conhecer e gostar desse universo vegetariano, não tenho habilidade nenhuma para plantar vegetais e muito menos de reconhecer os comestíveis na natureza (preciso assistir mais a Bear Grylls).

Ou seja, eu, você e pessoas parecidas conosco, neste ponto, até podemos sobreviver aos zumbis, mas temos chances de morrer de fome.

Cozinhar.

Opa, nesse ponto me dou bem. Sou, modéstia a parte, um exímio chefe de cozinha. Sei fazer arroz, miojo, fritar carnes e ovos. Tudo bem, minhas habilidades são limitadas, mas enquanto houver um estoque, conseguirei comer comidas fritas e cozidas (quem sabe até um sushi). Porém, essa habilidade, sem a anterior, apenas me deixaria vivo por um tempo.

Esses são apenas alguns tópicos para demostrar o quanto estamos despreparados se isso ocorresse amanhã. Por outro lado, sei que existem fatores que aumentariam nossas chances de sobrevivência: o desespero, a sorte, a necessidade de fazer algo…  até mesmo as loucuras que fazemos por aqueles que amamos tem sua taxa de êxito.

Então, sugiro que refaça o teste acima e me responda: você está preparado?? Sei que a resposta é “ainda não!”, mas um dia, quem sabe, vamos nos encontrar nessa batalha, seja de um lado ou de outro.

*** Bonus Round ***

Como a única habilidade que possuo é cozinhar, gostaria de falar um pouco mais sobre ela. Primeiro, não é difícil, mas exige paciência! Fazer arroz é realmente fácil, porém, há uma ordem de fatores a serem seguidas. Acredite, você não vai aprender do nada sem pelo menos um manual detalhado. Então, aprenda enquanto ainda há tempo.

Em homenagem ao escritor Rob Gordon do blog Championship Vinyl, gostaria de compartilhar com vocês a saga desse pequeno grande escritor sobre a arte de fazer arroz (clique aqui, ou não). A saga é longa, mas vale a pena ler tudo.

*** Bonus Round 2 ***

Ser zumbi também não é tão ruim assim, não há preocupações nem responsabilidades. Deixo a música “Re: Your Brains” do cantor Jonatham Coulton para te fazer mudar de ideia.

Things have been okay for me except that I’m a zombie now

I really wish you’d let us in”

  • Jonatham Coulton

Atenção!!!! Todo o conteúdo desse texto é fantasioso e inútil. Se você não se sente preparado, sugiro que procure profissionais para te ajudar. Nunca faça isso sozinho e sem supervisão (principalmente a parte de fazer arroz). Não machuque as pessoas ou animais.

O que acharam? Opinem, critiquem, falem que tenho chulé, mas expressem sua opinião, mesmo que seja tão inútil quanto a minha.

Formado pela escola da vida em assuntos Nerds, em geral, e trabalha como produtor de eventos culturais. Já passou pela área de Direito e hoje percebe que fazer tudo errado é mais legal.

  • Published: 5 posts
%d blogueiros gostam disto: